segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

ESPANHA, 23-F


Sempre defendi o dualismo peninsular. As razões, ainda recentemente as apontei. Mas também nunca deixei de reconhecer o impressionante paralelismo existente entre a história de Portugal e de Espanha.

Hoje, limito-me a remeter para o
depoimento notável de um carlista, espelho da tenacidade de uma juventude integrada numa dinastia de combatentes com 175 anos de luta em defesa da Tradição.

Deus permita que, entre nós, mais soldados se juntem às honrosas excepções que vão surgindo na gente moça que levanta a bandeira da legitimidade.


Joaquim Maria Cymbron